(11) 3045-0292 | 3045-1978
comercial@trio.eng.br
 

Produtividade em Obras – Como medir quais fatores afetam o resultado

Home » Notícias » Produtividade em Obras – Como medir quais fatores afetam o resultado

Como estamos sempre falando por aqui, a construção civil é um esforço coletivo. Isso quer dizer que é necessário que várias pessoas estejam trabalhando de forma organizada e conjunta para conseguir chegar em um resultado final satisfatório. Durante todo esse processo, o fator mais importante é a produtividade em obras.

Porém, garantir a produtividade no canteiro de obras não é uma tarefa nada fácil. Precisamos saber como a produtividade é classificada e como ela pode ser calculada para determinar melhorias e novas políticas na maneira de atuar.

Antes de tudo, precisamos determinar o que é a produtividade. A produtividade é caracterizada como a otimização de todos os seus recursos para minimizar o uso desses e garantir que uma certa atividade seja desenvolvida no menor tempo possível.

Essa definição de produtividade pode se encaixar tanto em um âmbito pessoal, em atividades do dia a dia, quanto em grandes projetos coletivos, como é o caso da construção civil.

A produtividade em obras

A produtividade em obras está relacionada diretamente com a maneira em que são utilizados todos os recursos do canteiro. E vale a pena ressaltar aqui que por “recursos” estamos nos referindo muito além de materiais e dos equipamentos. Os recursos disponíveis no canteiro de obra são também o espaço de trabalho em si, que deve sempre ser otimizado. E, principalmente, toda a mão de obra presente no canteiro.

É possível quantificar a produtividade de uma equipe a partir de um cálculo que pode indicar o quanto está rendendo o trabalho no canteiro de obra. Esse cálculo é feito a partir do RUP (Razão Unitária de Produção). A fórmula é determinada por:

RUP = Hh/Qs

Hh = número de homens-hora

Qs = quantidade de serviços (m²)

O cálculo oferece um valor que representa a quantidade de mão de obra necessária para realizar um m² de uma determinada atividade. Seja ela pintura, reboco ou qualquer outro trabalho. Quanto maior o RUP, menor é a produtividade e mais tempo e recursos são utilizados para concluir a obra.

O que pode impactar a produtividade na construção civil?

Existem diversos fatores que podem acabar atrapalhando a produtividade no canteiro de obra e consequentemente atrasando a entrega, ultrapassando o orçamento inicial e dificultando diversos setores da construção.

Segundo informações do Sebrae, existem seis diferentes pontos que acabam prejudicando a produtividade em obras. São eles:

Capacitação e treinamento – A mais importante parte de uma construção são seus funcionários e eles precisam estar aptos para realizar suas atividades com eficiência.

Retrabalho – O retrabalho é um grande vilão da produtividade em obras. Temos um artigo completo sobre este segmento!

Canteiro de obras – A maneira como o canteiro de obras é dividido e organizado, onde ficam as ferramentas e depósito, é fundamental para melhorar a produtividade dos trabalhadores.

Planejamento – Outro ponto fundamental para a boa produtividade em obras está no planejamento e na administração da obra. O planejamento é provavelmente o maior responsável para garantir que todos os outros elementos citados funcionem de forma correta.

Matéria-prima e materiais – Materiais de baixa qualidade podem atrapalhar a produtividade ao exigir retrabalhos ou medidas extra para garantir a qualidade da construção.

Segurança do trabalho – Garantir a segurança no canteiro de obras não é só uma maneira efetiva de evitar acidentes que acabam deixando uma equipe com desfalque, como também motiva seus funcionários.

A Trio está sempre trazendo soluções para melhorar a produtividade em obras. Também nos preocupados em manter o controle sobre a produtividade para entregarmos sempre empreendimentos dentro do prazo e dentro do orçamento planejado.