(11) 3045-0292 | 3045-1978
comercial@trio.eng.br
 

O que é a Construção a Seco?

Home » Notícias » O que é a Construção a Seco?

A Construção Civil está evoluindo para se tornar cada vez mais prática, econômica e eficiente. Um tipo de construção que vem ganhando reconhecimento por causa dessas três características é a Construção a Seco, um método que substitui a alvenaria tradicional por estruturas pré-fabricadas.

A construção a seco recebe esse nome porque ela não conta com procedimentos que utilizam a água, exceto em sua fundação. Isso quer dizer que a argamassa e o concreto não são utilizados em toda a parte estrutura do objeto. Tudo é feito com estruturas como as vigas de metais galvanizadas, o drywall, painéis de EPS, entre outros.

As construções a seco também podem ser chamadas de CES (Construção Energitérmica Sustentável, e são um método que usa uma estrutura com perfis leves em Wood Frame ou Steel Frame.

Ao invés de paredes e colunas de concreto, o que dá a sustentação de toda a construção são as vigas de madeira e metal. Existem várias vantagens em optar por esse sistema de construção, mas a praticidade e a agilidade da construção são os grandes destaques.

Comparando com a construção tradicional, uma construção a seco pode ser concluída em apenas 1/3 do tempo no sistema convencional. Quer aprender mais sobre esse interessante sistema de construção? Então continue com a gente!

Como é realizada a construção a seco?

A construção a seco e a construção de alvenaria contam com uma única familiaridade, ambas precisam de uma fundação feita com concreto e métodos tradicionais. Mas a partir desse ponto inicial, elas são bem diferentes.

O principal material utilizado em uma construção a seco é o Light Steel Frame, vigas de aço leve que oferecem a sustentação necessária para todo o imóvel. Esse é um tipo de estrutura bem prática e que permite diferentes formatos. Em alguns casos pode ser usado o Wood Frame, de madeira, mas ainda é bem incomum no mercado brasileiro.

O fechamento da estrutura é feito com placas cimentícias, ou então com o famoso Drywall. Essas estruturas pré-fabricadas podem ser montadas em bem menos tempo do que as estruturas em alvenaria e ainda contar com as mesmas vantagens.

Ao contrário do que muita gente pensa, o drywall e as placas cimentícias são boas para o isolamento acústico e térmico de vários imóveis.

Outra parte importante de ser destacada é que a construção a seco não se limita apenas às construções de pequenos imóveis. Ela pode ser utilizada para em grandes residências, galpões e barracões de diferentes tamanhos e formatos.

Quais as vantagens da construção a seco?

Existe uma série de vantagens para quem quer optar por esse tipo de construção. Algumas delas são:

Agilidade na construção

As estruturas pré-fabricadas são muito eficientes para o canteiro de obras, oferecendo muito mais rapidez na hora de construir um imóvel. Uma construção a seco que utiliza apenas esse tipo de material pode ser erguida em bem menos tempo do que imóveis com construção tradicional.

Maior controle orçamentário

Outra grande vantagem desse tipo de construção é que é muito mais fácil planejar o gasto com as estruturas que vão ser adquiridas e montadas. Esse controle mais eficiente permite que o planejamento possa criar um orçamento muito mais preciso. Em alguns casos é possível que o orçamento seja exatamente o previsto.

Maior sustentabilidade

Uma das principais preocupações da maioria dos setores é a sustentabilidade e a diminuição na pegada de carbono que deixamos. A construção a seco usa bem menos insumos do que a construção tradicional, além de gerar muito menos resíduo.

Essa é uma técnica muito mais sustentável e que ganha cada vez mais reconhecimento por causa dessa característica.

Menos desperdício

Outra vantagem fundamental é o fato de que há bem menos desperdícios durante a construção a seco. Os erros e retrabalhos são mitigados com essa técnica, no fim, essa falta de desperdício é traduzida em economia.

Desvantagens da construção a seco

Existem algumas desvantagens nesse tipo de construção, duas das principais são a falta de mão de obra especializada e o preço elevado. Por ser uma técnica completamente nova, ainda não existe mão de obra especializada ampla no mercado brasileiro.

Isso faz com que as construções a seco tenham um preço elevado, porque é preciso encontrar profissionais que atuam nesse setor, além de menor oferta de materiais.

A Trio Engenharia sempre busca novos métodos para revolucionar no nosso setor, oferecendo para nossos clientes muito mais vantagens!