(11) 3045-0292 | 3045-1978
comercial@trio.eng.br
 

Como deve ser elaborado um Plano de Gerenciamento de Resíduos na Construção Civil

Home » Notícias » Como deve ser elaborado um Plano de Gerenciamento de Resíduos na Construção Civil

A construção civil é um dos setores que mais influenciam e impactam o mundo. Esse impacto está diretamente ligado com a economia mundial e com o crescimento de cada nação. Porém, um grande efeito da construção civil que precisa sempre ser mencionado é o ambiental.

O ramo da construção civil é um dos que mais impactam o meio ambiente em todo o mundo, sendo um dos setores responsáveis pela maior parte da emissão dos gases do efeito estufa. Estima-se que os resíduos gerados pela construção civil no Brasil poderiam ser usados para criar 4 milhões de casas populares.

Essa quantidade de resíduos representa matéria prima, transporte e armazenamento que é desperdiçado, além de contaminar a natureza, caso não seja descartado de maneira correta.

Em um momento em que é necessário pensar em como o meio ambiente está em um delicado ponto de equilíbrio, saber como realizar um plano de gerenciamento de resíduos é fundamental para construtoras de todo o mundo.

A Trio Engenharia, em todos os seus empreendimentos, busca levar as melhores práticas para garantir uma pegada de carbono bem menor para as construções, preservando muito mais o meio ambiente.

Porque realizar o Plano de Gerenciamento de Resíduos na Construção Civil (PGRCC)

Na construção civil é bem comum a sobra de materiais e resíduos inerentes de procedimentos comuns do canteiro de obras. São restos de concreto, cimento, azulejos, metais e muito mais. Jogar tudo isso fora sem um gerenciamento correto é um grande desperdício.

Por exemplo, restos de metais podem ser reciclados por empresas especializadas. O mesmo serve para os resíduos de concreto que podem ser triturados, segregados e utilizados em outros tipos e estruturas.

Com algumas exceções, existe muito material que pode ser reaproveitado. O impacto na matéria prima retirada da natureza com essas ações é bem grande.

Existem alguns materiais que podem prejudicar o meio ambiente ao serem jogados fora. Nesses casos, o gerenciamento de resíduos oferece o destino correto para esses resíduos.

Quando é preciso realizar Plano de Gerenciamento de Resíduos

A exigência do plano é diferente para cada situação. Existem municípios que exigem um plano de gerenciamento para autorizar o começo da construção. Já para aqueles que procuram uma certificação LEED de sustentabilidade, a execução do PGRCC é um dos requisitos básicos.

Tirando a parte da exigência legal, é importante sempre elaborar esse plano por respeito ao meio ambiente e para tornar a sociedade cada vez mais sustentável, valores que devem sempre ser aplicados em nosso dia a dia.

Como deve ser feito o plano?

Nos locais onde o plano é exigido, geralmente é disponibilizado um manual com as orientações necessárias e as informações exigidas. É necessário passar vários dados para o órgão fiscalizador, incluindo o técnico de PGRCC, a empresa que vai realizar a coleta e destinação dos resíduos e muitas outras informações.

É preciso ter todos esses detalhes pensados durante a elaboração do plano. Isso depende do planejamento da construção, já que é necessário saber quais os materiais serão usados para saber quais resíduos serão gerados.

Existem regras vigentes que determinam como esse plano deve ser realizado, mais especificamente a Resolução 307 do CONAMA.

Cada obra terá um plano diferente e deve ser feita de forma separada, mas as práticas são bem parecidas, por isso não há uma variação tão grande.

A Trio Engenharia se destaca ao realizar o gerenciamento de resíduos respeitando os nossos clientes e todo o meio ambiente!